Empresa

Foi há 32 anos que se deu o início, ao que hoje é considerado um caso de sucesso e empreendorismo por terras algarvias. Fátima Galego iniciou a sua atividade de doceira, no forno de lenha da sua mãe e com o rápido êxito do seu negócio, adaptou umas pequenas instalações num recanto da fábrica de cortiça do seu pai.

Com o decorrer do tempo e sucesso na doçaria, foi comprando alguns terrenos adjacentes, aproveitando assim a velha fábrica de cortiça do seu pai e a casa velha da sua avô, formando assim, a Quinta dos Tesouros, onde atualmente, desenvolve 3 negócios, sempre com o objetivo de oferecer a mais alta qualidade, pois, é a qualidade que faz a diferença:

- Fabrico de Doçaria típica para distribuição em pastelarias, restaurantes, lojas e mercearias gourmet;

- Fabrico de Licores de Alfarroba, Poejo, Lúcia Lima e outros;  

- Banquetes em sala com capacidade para 280 pessoas e de futuro um Turismo de Habitação Rural.

Com capacidade para realizar todo o tipo de eventos, a Quinta, sediada no Sitio do Tesouro (São Brás de Alportel) tem também um salão de chá, onde são servidos chás únicos, feitos de flores do campo, de acordo com ensinamentos e tradições familiares.

Na fábrica são produzidos doces feitos com produtos genuinamente regionais, tradicionais e sem produtos químicos, como é o caso, da amêndoa, o figo, o mel, a alfarroba, a tâmara e o milho, plantado na própria Quinta. Fátima Galego orgulha-se de produzir doces encomendados para os mais altos eventos governamentais, mantendo sempre a forma tradicional de fabrico.

Aliada à sua grande capacidade de produção, Fátima, consegue fornecer os maiores e melhores restaurantes do Algarve, com matérias-primas da região em estado selvagem, como é o caso da Amêndoa, Alfarroba e Figos. O próximo passo, será sem dúvida, a exportação.

Local de passagem de diversas aves, a Quinta recebe rotas turísticas para observação das várias espécies, bem como grupos de turistas que visitam diariamente uma oliveira milenar com 2000 anos e um menir.

Fátima, aproveita estas sinergias com a vinda de turistas à sua quinta, para fazer uma pequena narração da região, mostrando algumas ervas aromáticas, medicinais, e ao tempo, explica a importância e o impacto da alfarroba na região, fazendo com que seja uma zona de ares medicinais especialmente boa para as pessoas com problemas respiratórios.